Tá vendo essa imagem aí embaixo? Este era o layout do portal de Notícias UOL no início dos anos 2000. E este modelo, com muita informação e colunas devidamente alinhadas, era considerado um dos mais modernos do país. Não dá para acreditar, mas todos os portais que surgiam queriam “imitá-lo”.

site do uol anos 2000

Ainda bem que os tempos mudaram e as interfaces também!

Com a evolução da internet e das tecnologias da informação, surgiram novas interfaces, muito mais avançadas, com requisições assíncronas, animações, design responsivo, e outras funções que vão muito além da tarefa de recortar templates e montar em HTML.

Estas mudanças criaram a necessidade de se ter um profissional altamente capacitado para atuar como desenvolvedor de um projeto web: o Desenvolvedor Front-End.

Neste artigo vamos explicar para você o que faz o Desenvolver Front-End e o que você precisa aprender para se tornar um profissional de destaque nesta promissora carreira. Confira!

 

O que faz um Desenvolver Front-End

Ao desenvolvedor Front-End cabe a responsabilidade de projetar, construir e otimizar interfaces de produtos digitais (sites e aplicativos mobile), sempre pensando em oferecer a melhor experiência possível para o usuário.

Afinal, o visual de uma página web é a primeira coisa que o internauta vê e se ele estiver quebrado, o risco de sair e nunca mais voltar é grande.

Portanto, é essencial que o Desenvolvedor Front-End saiba construir um código limpo, bem documentado e estruturado, saiba criar páginas web rápidas, se preocupe com a performance total do cliente-side, e saiba dar suporte a todos os navegadores e dispositivos que o cliente necessitar, tudo isso pensando em oferecer a melhor experiência para o usuário que utilizar seu produto digital.

Para você entender:

– Desenvolvedor Front-End é quem dá vida às especificações da interface, realizadas por um designer, e para isso utiliza linguagens como HTML e CSS.

– Desenvolvedor Back-End (que você também já deve ter ouvido falar por aí) é o responsável por criar o acesso aos dados do site e como esses dados podem ser tratados pela aplicação servidora.

Cada uma destas funções é muito importante para o sucesso da experiência do internauta com o site ou aplicativo, e os dois desenvolvedores precisam trabalhar juntos para terem um resultado de alta performance.

Afinal de contas, de que adianta um layout chamativo se o site é estático? Ou, de que adianta o site ser construído com as melhores práticas de programação, se a sua usabilidade é fraca?

 

Se você deseja trabalhar como Back-End, temos uma formação completa em duas poderosas linguagens de programação e você pode conhecer mais sobre cada uma delas nestes artigos abaixo.

Apresentamos a você… a Linguagem C#

Vale a pena aprender a programar em Java?

Agora, se você deseja se tornar um Desenvolvedor Front-End, continue lendo este artigo que você vai conhecer tudo o que precisa aprender para se tornar um programador desejado pelo mercado de trabalho.

 

O que você precisa saber para se tornar um Desenvolver Front-End

Um bom desenvolvedor Front-End precisa ter em sua mochila de habilidades um amplo conhecimento de desenvolvimento nas linguagens de programação HTML, CSS e JavaScript.

Conhecer alguns frameworks como o Bootstrap, jQuery, AngularJS, Material UI ou ReactJS é um diferencial entre os profissionais da área, e faz você se tornar um desenvolvedor desejado pelo mercado.

Outro requisito essencial ao bom desenvolvedor Front-End é o conhecimento das técnicas de SEO – Search Engine Optimization.

SEO nada mais é do que um conjunto de técnicas que têm como principal objetivo tornar os sites mais amigáveis para os sites de busca, trabalhando palavras-chave selecionadas no conteúdo do site de forma que este fique melhor posicionado nos resultados orgânicos.

Neste artigo Gabriel Azevedo, da Tableless, dá dicas bem bacana para técnicas de SEO específicas para quem trabalha com Front-End. Vale a pena a leitura!

É importante também conhecer pré-compiladores CSS, saber configurar e utilizar gerenciadores de tarefas, entender conceitos de testes automatizados, integração contínua, e versionamento.

Como o desenvolvedor Front-End trabalha com layouts, é importante também ter noções das ferramentas básicas de Photoshop e Sketch.

 

Primeiros passos

Conhecer a fundo cada uma destas linguagens e ferramentas é essencial para se tornar um Desenvolvedor Front-End de destaque.

E se você deseja saber mais sobre o assunto, fique ligado que em breve lançaremos uma Série de 3 Vídeos que vão apresentar a você os conhecimentos básicos e iniciais de HTML, CSS, e Javascript!

Enquanto nossos vídeos são produzidos, se você estiver realmente comprometido em se tornar um Desenvolvedor Front-End de sucesso, recomendamos que você leia o livro online gratuito: Professional Web Typography do Donny Truong, que vai te ensinar todas as coisas que você precisa saber sobre tipografia no desenvolvimento Front-End.

 

Características comportamentais

Quanto às atitudes comportamentais, o profissional deve estar atualizado com as novas tendências, como bibliotecas e frameworks.

Além disso, deve ser flexível com mudanças e transitar bem por todas as áreas da empresa. Afinal, ele cria interatividade entre os elementos da página ou do aplicativo e por isso geralmente não está inserido num único time, mas costuma transitar entre as áreas de design, de desenvolvimento back-end, de infraestrutura e de QA.

 

Para concluir…

Esperamos que este artigo tenha ajudado quem está começando a atuar com programação de softwares a conhecer um pouco mais sobre a carreira de Desenvolvedor Front-End.

Neste artigo o desenvolvedor William Oliveira relata como tem sido a sua experiência nessa promissora carreira. Vale a pena acompanhar o relato de quem está começando e já obteve muito aprendizado!

E se você já é experiente no assunto e tem outras dicas para acrescentar neste artigo, deixa teu comentário aqui em baixo.  Será muito legal conhecer a tua opinião e aprender um pouco mais com a sua experiência como desenvolvedor Front-End.