A Organização Internacional do Trabalho anunciou há poucas semanas que o Brasil terá em 2017 a terceira maior população de desempregados entre as maiores economias do mundo.

As previsões são de 13,6 milhões de pessoas em busca de uma nova chance no mercado de trabalho até o final deste ano. E no final deste mês de março uma pesquisa do IBGE já confirmou estes dados: em fevereiro o Brasil já tinha 13,5 milhões de pessoas em busca de uma recolocação profissional.

Os números são consequência da grave crise econômica que o país vem enfrentando, e revelam uma necessidade urgente daqueles que ainda têm um emprego fazerem de tudo para garantirem suas vagas.

Mas, como é possível garantir meu emprego em um momento de crise? Será que eu posso, sozinho, garantir que a minha vaga não será fechada?

A resposta é não.

Você não pode fazer nada para evitar que a sua vaga seja fechada. Se a sua empresa enfrenta um momento de crise, mais cedo ou mais tarde, alguns postos de trabalho poderão ser encerrados e você não tem como saber se a sua vaga será uma delas.

As decisões de quais vagas devem ser mantidas ou encerradas dependem unicamente da direção da empresa.

Mas você pode garantir a sua permanência na empresa mesmo que a sua vaga seja encerrada. Sabe como? Garantindo a sua empregabilidade!

 

O que é empregabilidade?

Empregabilidade é a arte de manter-se desejado pelo mercado. O profissional que está sincronizado com as exigências do mercado de trabalho consegue garantir a sua permanência na empresa mesmo após sua vaga ser extinta.

Ou, melhor ainda, ele consegue se recolocar rapidamente após um desligamento, pois está atualizado e é um profissional que as empresas desejam ter como parte de suas equipes.

 

Para saber como anda a sua empregabilidade você pode se fazer algumas perguntas:

  1. Que diferenciais você possui quando comparado a outros profissionais com a sua formação e da sua área de atuação?
  2. Quanto a sua bagagem pessoal e profissional é interessante para o mercado?
  3. Por que uma empresa iria querer ter você como parte de sua equipe?
  4. Quanto a sua história de vida e de carreira falam mais alto que o seu currículo?

 

Como garantir a sua empregabilidade

Para garantir a sua empregabilidade, a principal dica dos recrutadores é investir no seu capital intelectual. Uma boa formação, com atualização constante, é o primeiro passo para se tornar um profissional desejado pelo mercado.

Outras competências essenciais que geram vantagem competitiva e que são apontadas pelos recrutadores são um excelente capital emocional capital ético.

 

Capital intelectual

Seu capital intelectual é todo o conhecimento que você adquiriu ao longo da sua trajetória como pessoa e como profissional. Ele começa com seu aprendizado escolar, passa pela sua graduação, e é fortalecido com especialização e aperfeiçoamento em treinamentos e cursos técnicos. Pessoas que viajam, leem, frequentam teatro, museus, exposições, e feiras, são pessoas com elevado capital intelectual e são profissionais que se destacam entre o demais, pois revelam interesse por áreas além daquelas de sua formação profissional.

 

Capital emocional

Capital emocional é a sua forma de lidar com as emoções. Profissionais desejados pelo mercado sabem enfrentar suas próprias emoções e controlá-las diante das mais distintas ocasiões. Invista no seu capital emocional ao buscar equilíbrio em todas as áreas da sua vida.  Uma das melhores formas de tornar-se uma pessoa e um profissional emocionalmente maduro é se autoconhecendo. Para isso, vale a pena investir em cursos e testes de autoconhecimento, que ajudam você a saber seu perfil emocional e como você deve agir diante de determinadas situações.

Aqui na Apex Ensino temos um treinamento super bacana para identificar seu perfil enquanto líder.

Capital ético

Uma pessoa com capital ético é aquela que sabe agir com boa conduta, com caráter, altruísmo e virtudes que refletem a melhor forma de agir e de se comportar em sociedade. É uma pessoa que age de forma honesta e coerente diante das mais variadas situações. Profissionais desejados pelo mercado são éticos em todas as áreas de suas vidas.

 

Não cometa você também este grave erro

Muitos profissionais cometem o grave erro de achar que jamais serão demitidos. Acreditam na já fadada estabilidade, e por isso deixam de investir em si mesmos como profissionais.

Não se atualizam, não se capacitam, não buscam novas áreas de conhecimento e este é o tipo de profissional que, ao perder o emprego, dificilmente conseguirá se recolocar em um mercado com tanta oferta de mão de obra.

Para se destacar na sua empresa e no mercado de trabalho e assim garantir a sua empregabilidade, é preciso investir em conhecimento e ter atitudes éticas, além de ter um excelente preparo emocional para enfrentar os desafios do dia a dia corporativo.

Capacite-se e garanta a sua empregabilidade em um país com 13,5 milhões de desempregados!